27/02/2024
Raças Roedores

Melhores roedores de estimação e sua importância

Melhores roedores de estimação e sua importância

Os roedores são uma ordem de mamíferos que abrange mais de 2 mil espécies, muitas delas adoráveis e divertidas. Alguns roedores podem ser ótimos animais de estimação, desde que sejam provenientes de criadouros autorizados e certificados pelo IBAMA. Neste artigo, vamos apresentar cinco espécies de roedores de estimação que podem ser excelentes companhias para você e sua família.

Hamster

O hamster é um dos roedores de estimação mais populares do mundo. Ele é pequeno, fofinho e enérgico, e pode atingir entre 5 cm e 15 cm de altura. Existem diversas espécies de hamster, mas as mais conhecidas no Brasil são o hamster-sírio, o hamster-anão-russo e o hamster-chinês.

O hamster é um animal noturno, que gosta de dormir durante o dia e brincar à noite. Ele precisa de uma gaiola espaçosa, com rodinha, labirinto, casinha e brinquedos para se exercitar e se divertir. Ele também precisa de uma alimentação balanceada, composta por ração específica para hamster, frutas, verduras e sementes.

O hamster é um animal onívoro, que come tanto alimentos de origem vegetal quanto animal. Ele precisa de uma dieta variada e rica em proteínas, fibras, vitaminas e minerais. A ração comercial para hamster deve ser a base da sua alimentação, mas ele também pode receber frutas (maçã, banana, morango), verduras (alface, cenoura, couve) e sementes (girassol, abóbora, linhaça) como complementos. Evite dar alimentos gordurosos, açucarados ou salgados ao seu hamster, pois eles podem causar obesidade, diabetes ou problemas renais.

Porquinho-da-índia

O porquinho-da-índia é outro roedor de estimação muito querido pelos brasileiros. Ele é originário da América do Sul e tem uma personalidade amigável e sociável. Ele pode medir até 25 cm de comprimento e pesar até 800 g. Existem várias raças de porquinho-da-índia, com diferentes cores e tipos de pelo.

O porquinho-da-índia é um animal diurno, que gosta de interagir com seus tutores e outros porquinhos. Ele precisa de um espaço amplo para viver, com uma gaiola ou cercado bem ventilado, limpo e seguro. Ele também precisa de uma alimentação adequada, composta por ração específica para porquinho-da-índia, feno, frutas e verduras.

O porquinho-da-índia é um animal herbívoro, que come apenas alimentos de origem vegetal. Ele precisa de uma dieta rica em fibras, vitaminas e minerais, especialmente vitamina C. A ração comercial para porquinho-da-índia deve ser a base da sua alimentação, mas ele também precisa receber feno à vontade para manter a saúde dos dentes e do sistema digestivo. Além disso, ele pode receber frutas (laranja, kiwi, goiaba) e verduras (pimentão, brócolis, salsa) como fontes extras de vitamina C. Evite dar alimentos que contenham açúcar ou lactose ao seu porquinho-da-índia, pois eles podem causar diarreia ou infecções.

Rato

O rato pode parecer um animal estranho para se ter como pet, mas ele é na verdade um dos roedores de estimação mais inteligentes e carinhosos que existem. Ele é descendente do rato doméstico (Rattus norvegicus), mas foi selecionado para ter cores e pelagens variadas. Ele pode medir até 30 cm de comprimento (incluindo a cauda) e pesar até 500 g.

O rato é um animal crepuscular, que tem maior atividade no amanhecer e no anoitecer. Ele é muito sociável e gosta de viver em grupo, por isso é recomendado ter mais de um rato em casa. Ele precisa de uma gaiola grande, com vários andares, tubos, casinhas e brinquedos para se exercitar e se entreter. Ele também precisa de uma alimentação balanceada, composta por ração específica para rato, frutas, verduras e sementes.

O rato é um animal onívoro, que come tanto alimentos de origem vegetal quanto animal. Ele precisa de uma dieta variada e rica em proteínas, fibras, vitaminas e minerais. A ração comercial para rato deve ser a base da sua alimentação, mas ele também pode receber frutas (uva, melão, cereja), verduras (espinafre, pepino, tomate) e sementes (aveia, milho, amendoim) como complementos. Evite dar alimentos gordurosos, açucarados ou salgados ao seu rato, pois eles podem causar obesidade, diabetes ou problemas renais.

Chinchila

A chinchila é um roedor de estimação originário dos Andes, na América do Sul. Ela tem uma pelagem macia e densa, que pode ter várias cores e padrões. Ela pode medir até 30 cm de comprimento (incluindo a cauda) e pesar até 600 g.

A chinchila é um animal noturno, que gosta de dormir durante o dia e brincar à noite. Ela é muito curiosa e ágil, e precisa de uma gaiola espaçosa, com vários níveis, plataformas e brinquedos para se movimentar e se divertir. Ela também precisa de uma alimentação adequada, composta por ração específica para chinchila, feno e frutas secas.

A chinchila é um animal herbívoro, que come apenas alimentos de origem vegetal. Ela precisa de uma dieta rica em fibras, vitaminas e minerais. A ração comercial para chinchila deve ser a base da sua alimentação, mas ela também precisa receber feno à vontade para manter a saúde dos dentes e do sistema digestivo. Além disso, ela pode receber frutas secas (maçã, banana, uva passa) como petiscos ocasionais. Evite dar alimentos frescos ou úmidos à sua chinchila, pois eles podem causar diarreia ou fermentação.

Gerbil

O gerbil é um roedor de estimação originário da Ásia e da África. Ele tem uma pelagem curta e lisa, que pode ter várias cores e padrões. Ele pode medir até 25 cm de comprimento (incluindo a cauda) e pesar até 150 g.

O gerbil é um animal diurno, que gosta de interagir com seus tutores e outros gerbils. Ele é muito ativo e brincalhão, e precisa de uma gaiola grande, com bastante substrato para cavar túneis e tocas. Ele também precisa de uma alimentação balanceada, composta por ração específica para gerbil, frutas, verduras e sementes.

O gerbil é um animal onívoro, que come tanto alimentos de origem vegetal quanto animal. Ele precisa de uma dieta variada e rica em proteínas, fibras, vitaminas e minerais. A ração comercial para gerbil deve ser a base da sua alimentação, mas ele também pode receber frutas (pera, pêssego, melancia), verduras (abobrinha, beterraba, couve-flor) e sementes (girassol, abóbora, linhaça) como complementos. Evite dar alimentos gordurosos, açucarados ou salgados ao seu gerbil, pois eles podem causar obesidade, diabetes ou problemas renais.

Conclusão

Os roedores de estimação são animais incríveis que podem trazer muita alegria e diversão para o seu lar. Eles são fáceis de cuidar e se adaptam bem em diferentes ambientes. No entanto, eles também precisam de atenção especial para garantir o seu bem-estar físico e mental. 

Leave feedback about this

  • Quality
  • Price
  • Service

PROS

+
Add Field

CONS

+
Add Field
Choose Image
Choose Video
X